Campanha de vacinação contra a gripe se encerra na sexta-feira
Crianças com idade entre seis meses e menores de 5 anos, gestantes, portadores de doenças crônicos e idosos estão no grupo que compõe o público-alvo da campanha de vacinação contra a gripe, que se encerra na sexta-feira (15). Até o final da última semana 2,5 milhões de doses da vacina já haviam sido aplicadas no Paraná, um total de 81% do público-alvo.
 
No entanto, faltando apenas dois dias para o término da campanha, alguns grupos específicos preocupam as autoridades de saúde. Entre as crianças com idade prioritária na cobertura vacinal apenas 62% foram imunizadas. No grupo de mulheres grávidas cerca de 77 mil foram vacinadas, mas a meta é de 116.324 doses. Entre portadores de doenças crônicas foram aplicadas 517 mil doses, mas a estimativa é da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) é de que pelo menos 739 mil deveriam receber a vacina. Dos idosos, 92% foram vacinados.
 
O Ministério da Saúde leva em conta diversos fatores e segue recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS). Em 2018 devem ser vacinados contra a influenza no sistema público crianças com idade entre seis meses e cinco anos incompletos; gestantes (em qualquer período gestacional); puérperas (mulheres que tiveram parto recente, em até 45 dias); trabalhadores da área da saúde; professores (rede pública e particular); idosos (mais de 60 anos de idade); populações indígenas e doentes crônicos.
 
No caso dos doentes crônicos são considerados alvos da campanha pessoas com diabetes; doenças crônicas respiratórias, renais, cardíacas, hepáticas e neurológicas; transplantados; obesidade grau III; pessoas com trissomias como Síndrome de Down, Síndrome de Klinefelter, Síndrome de Wakany, dentre outras; e imunossupressão (comprometimento do sistema imunológico). Para receber a vacina, os doentes crônicos devem apresentar uma carta de recomendação médica nos postos de vacinação. 
 
Quem integra os grupos prioritários e ainda não se imunizou deve procurar uma unidade de saúde pública até esta sexta-feira (15). A Associação Médica do Paraná apoia a campanha e ressalta que a adesão da população é importante para a diminuição dos índices de gripe no estado. Vale lembrar que o Paraná registrou este ano 18 óbitos devido à influenza. A vacinação é rápida e segura. Participe da campanha e colabore com a saúde pública.

Foto: Secretaria de Estado da Saúde (Sesa)
Aproveite e
veja também