Tudo que acontece na AMP
é destaque no nosso canal de novidades

02/12/2019

Confirmados 50 novos casos de sarampo no Paraná

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) emitiu um novo boletim epidemiológico com dados do sarampo no Paraná. Até o dia 27 de novembro, a secretaria estadual tem registro de 479 de pessoas que tiveram sarampo ou estão com a doença atualmente. A maior concentração de pessoas infectadas é em Curitiba, com 306 casos. Na região metropolitana, soma-se mais 129.

Municípios

Curitiba está com 306 registros de sarampo. Nos demais municípios da região metropolitana há as seguintes ocorrências: 10 em Almirante Tamandaré; 3 em Araucária; 2 em Balsa Nova; 2 em Campina Grande do Sul; 3 em Campo do Tenente; 12 em Campo Largo; 1 em Campo Magro; 32 em Colombo; 3 em Fazenda Rio Grande; 1 em Itaperuçu, 1 na Lapa; 1 em Mandirituba; 21 em Pinhais; 13 em Piraquara; 1 em Quatro Barras; 6 em Rio Branco do Sul; 17 em São José dos Pinhais. No interior do estado, as confirmações foram: 2 em Castro; 1 em Ponta Grossa; 3 em Irati; 1 em Cruz Machado; 1 em General Carneiro; 3 Paulo Freitas; 8 em União da Vitória; 3 em Maringá; 8 em Londrina; 1 em Rolândia; 6 em Carlópolis; 5 em Jacarezinho; 1 em Toledo; e, no litoral paranaense, a cidade de Matinhos confirmou 1 caso.

Os municípios que confirmaram casos de sarampo na última semana são Matinhos, Campo Magro e Cruz Machado.

Vacinação

No sábado (30) foi realizado o Dia D de vacinação contra o sarampo. As unidades de saúde ficaram abertas para que mais pessoas recebessem as doses. O público alvo da etapa foi de jovens entre 20 e 29 anos, que são a maioria das pessoas que estiveram ou estão com a doença. “O sarampo é bastante perigoso e potencialmente evitável. A vacina é a forma de prevenir e é gratuita”, frisou o secretário estadual, Beto Preto.



Fonte: Sesa

Aproveite e
veja também