Em assembleia do IBDM, Mandetta garante defesa da medicina e da saúde
A Associação Médica do Paraná participou no último dia 28, em Brasília, de reunião do Conselho de Administração e Assembleia Geral Ordinária do Instituto Brasil de Medicina, com a presença do futuro ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. A AMP é uma das fundadoras do IBDM e foi representada pelo Dr. Jurandir Marcondes Ribas Filho, delegado junto à AMB. Mandetta agradeceu a chancela das entidades médicas à sua indicação e prometeu manter as mesmas diretrizes que têm pautado sua vida profissional e política: a defesa da medicina e da saúde da população.

Na assembleia, foi indicado para a presidência do instituto o médico e deputado federal Hiran Gonçalves, reeleito neste ano pelo estado de Roraima e integrante da Frente Parlamentar da Medicina, que também passará a liderar, com participação expressiva na luta por questões relacionadas ao setor. Foram aprovadas, ainda, as deliberações do Conselho, que reuniu-se pela manhã,  entre elas a realização de campanha para a participação de novos sócios e recepção aos parlamentares eleitos e reeleitos para a Câmara Federal, em data a ser definida, no início do próximo ano, além de uma homenagem ao secretário da entidade, José Vieira di Luca, que está deixando a secretaria, pelos relevantes serviços prestados.

O Instituto Brasil de Medicina foi lançado oficialmente no mês de junho, na sede da AMP, em Curitiba, com o objetivo de incentivar campanhas em todo o País para dar sustentação à Frente Parlamentar da Medicina, garantindo voz ativa à categoria médica nas discussões que versem sobre a profissão e na busca por uma medicina mais eficiente e moderna, um melhor atendimento e mais saúde para a população. No Paraná, os quatro parlamentares apoiados para o Congresso foram eleitos. São eles Oriovisto Guimarães, para o Senado, e Pedro Lupion, Ney Leprevost e Luciano Ducci, para a Câmara Federal.
 
Aproveite e
veja também