Estudantes da Faculdade Evangélica recebem novas atualizações na sede da AMP
Nesta quarta-feira (16), terceiro dia de Semana Acadêmica, alunos de medicina da Faculdade Evangélica do Paraná acompanharam mais três aulas com temas atuais e relevantes. Durante toda a manhã os acadêmicos receberam novas atualizações que agregam conhecimentos importantes para a formação destes futuros integrantes da classe médica.
 
As atividades tiveram início às 9h com o presidente da Associação Médica do Paraná, Dr. Nerlan Carvalho, e com o diretor da Unimed Paraná e conselheiro vogal da Unimed Curitiba, Dr. Alexandre Gustavo Bley. Eles falaram aos estudantes sobre Operadoras de saúde e Cooperativismo médico. Em sua apresentação o Dr. Alexandre Bley explicou como questões relacionadas ao atual cenário econômico influenciam no setor de saúde no Brasil.
 
A ideia foi levar entendimento sobre o que acontece no país, em especial em relação à saúde e o que os profissionais podem fazer para contribuir com a melhoria da realidade do setor. “Devemos entender nossa responsabilidade como profissionais médicos”, afirmou Bley.
 
Em seguida Dr. Nerlan tratou de assuntos como o Código de Ética dos Médicos e outras questões legislativas. Também explicou o funcionamento de planos de saúde e seguradoras e sobre o repasse de recursos ao Sistema Único de Saúde (SUS). “As verbas destinadas ao SUS estão menores a cada ano. A falta de repasse de valores tem feito com que hospitais públicos estejam sucateados e falidos”, lamentou o presidente da AMP.
 
Na sequência o tema previdência privada esteve em pauta com o advogado da AMP, Fabiano Sponholz, que falou aos presentes sobre o Prev – AMP, plano de previdência privada da associação. “A ideia da AMP é que o plano seja dinâmico. Faz parte do pacote de produtos que procuram beneficiar o quadro associativo”, afirmou Sponholz. Hoje 400 associados já têm a adesão ao plano, mas a ideia é estender o benefício para mais médicos. Ele convidou os alunos a conhecerem mais sobre o Prev – AMP no site da entidade.
 
O encerramento das atividades foi com o secretário geral da AMP, Dr. João Carlos Gonçalves Baracho. Ele tratou da realidade atual do mercado de trabalho médico. Entre os temas debatidos estiveram a revolução da área com novas possibilidades mediante os avanços tecnológicos e o amplo mercado ainda a ser explorado no Brasil. Baracho citou ser importante mapear onde exercer a profissão e escolher o campo da profissão de acordo com as áreas emergentes.
 
“A medicina continua sendo a melhor de todas as profissões na visão da AMP, mas precisa ser exercida com muito compromisso e responsabilidade”, concluiu Dr. Baracho. 
Aproveite e
veja também