Judicialização na saúde debatida na XII Jornada de Clínica Médica da UFPR
A XII Jornada de Clínica Médica da Universidade Federal do Paraná foi realizada nos dias 27 e 28 de setembro. O tema em destaque foi “Medicina, telemedicina e telessaúde: desafios, polêmicas e perspectivas”. Os trabalhos tiveram a coordenação do Professor Titular de Clínica Médica e Nefrologia da UFPR, Dr. Rogério Mulinari. Ao término das atividades, no sábado, foi prestada homenagem ao Prof. Norberto Luiz Cabral, da Univille de Joinville e que faleceu na véspera, em acidente automobilístico, quando retornava à sua cidade após palestrar na Jornada.

O secretário-geral do CRM-PR, Dr. Luiz Ernesto Pujol, e o conselheiro federal pelo Paraná, Dr. Donizetti Dimer Giamberardino Filho, participaram de debates no sábado sobre aspectos da judicialização na saúde, em mesa que contou com a participação do presidente da Associação Médica do Paraná, Dr. Nerlan Carvalho. Dr. Pujol também integra o Departamento de Defesa Profissional da AMP.

De acordo com dados exibidos no painel, estimativas do Ministério da Saúde mostram gastos de R$ 1,25 bilhão em ações judiciais em 2018. No Paraná, a previsão orçamentária deste ano é de R$ 85 milhões para judicialização, para gasto que já alcança R$ 130 milhões.




Fonte: CRM-PR
 
Aproveite e
veja também