Secretárias recebem treinamento para atender Sinam em Londrina
Dando sequência ao cumprimento das etapas necessárias para o efetivo (e eficaz) funcionamento do Sistema Nacional de Atendimento Médico lançado no final do ano passado em Londrina, a Associação Médica recebeu, nos dias 11 e 12 de março, secretárias de consultórios, clínicas de especialidades, laboratórios e  hospitais para palestra e treinamento.

Dois encontros foram promovidos pela Associação Médica do Paraná (AMP), que levou a Londrina o professor e assessor de marketing da entidade, Reinaldo Martinazzo. O primeiro foi realizado à noite, após o expediente, e o segundo, no intervalo do almoço do dia seguinte.

O objetivo do treinamento sobre o Web Center Sinam foi tirar dúvidas e esclarecer pontos para qualificar ainda mais o atendimento ao usuário do sistema na cidade. “Abordamos desde a correta implantação e aceite do cadastro do médico referenciado na plataforma do Web Center, que funciona 100% online e em tempo real, até as orientações sobre como liberar ou bloquear dias ou horas da agenda do profissional referenciado em datas ou horários anteriormente fechados com compromissos pessoais e profissionais, como os períodos estabelecidos para cirurgias ou congressos, por exemplo, mas sem que isso traga prejuízo tanto ao médico quanto ao paciente”, comenta Martinazzo.

Segundo ele, estes simples procedimentos por parte das secretárias qualificam o atendimento e proporcionam eficiência a todo o sistema, “tanto aos médicos, que passam a contar com uma agenda atualizada online, como, e em especial, ao usuário dos serviços do Sinam, que realiza na mesma plataforma a busca por profissionais especializados e verifica possibilidade de agendamento também pela web. Ou seja, quanto maior a conectividade, maior a qualidade no atendimento”, completa o assessor da AMP.

A boa recepção ao paciente

Participaram em cada um dos encontros cerca de 30 profissionais, que, além das atividades rotineiras do dia a dia dos consultórios, também são responsáveis pelo agendamento das consultas médicas. “Vocês representam a nossa boa recepção ao cliente Sinam; são a imagem da qualidade e do bom atendimento que o paciente receberá do profissional médico que ele escolheu previamente para fazer sua consulta ou exame”, disse a presidente da AML, Dra. Beatriz Tamura, ao saudar e agradecer as presenças, na abertura das reuniões.

Uma palestra, realizada também pelo assessor da AMP,  professor universitário na área de marketing, precedeu estas reuniões de treinamento. “Como todo o sistema do Sinam funciona no mundo virtual, a abordagem foi sobre a importância de um comportamento adequado diante das mídias sociais. Os limites da exposição, tanto pessoal como profissional, já que via web as mensagens, respostas ou formas de atendimento podem repercutir mundo afora. E, muitas vezes, até comprometer a imagem do profissional”, ilustra o assessor de marketing.

Este momento de treinamento do Web Center Sinam é também, de acordo com ele, uma oportunidade de oferecer a estas profissionais uma atualização nas informações sobre as diferentes plataformas de comunicação existentes hoje, como forma de contribuir para o conhecimento geral deste mundo virtual, mas no qual vivemos de forma real.

As orientações sobre o sistema, para Vania Siquino, secretária da médica referenciada Marizie Marques de Souza Dias, foram de extrema importância. “Tirei todas as minhas dúvidas, pois, como este sistema é novo, eu não estava conseguindo efetivar o cadastro da doutora. Também peguei dicas para acessar mais rapidamente o espaço disponibilizado para nós, e como melhor adequar a agenda para as consultas que vierem pelo Sinam”, disse, ao final do encontro realizado à noite.

Também para outras secretárias fizeram sucesso as observações, discussão de conceitos e dicas sobre o comportamento virtual dados durante a palestra. “A abordagem foi muito boa porque ele deu uma pincelada geral sobre as atividades que realizamos no nosso dia a dia, no nosso mundo real, mas com orientações de como podemos melhorar ainda mais a relação com o paciente, mesmo que de forma virtual”, comentou Adriana Batista Barros, secretária de uma clínica pediátrica onde atuam três médicos referenciados do Sinam, os Drs. Alvaro de Oliveira, Inada e Milton Macedo. “Gostei muito dos dois momentos do encontro porque a plataforma usada pelo Sinam, que eu ainda não havia entrado, me pareceu de fácil uso, principalmente para nós, que já trabalhamos com outros sistemas de agenda online. E também porque o professor trouxe para o mundo real os perigos do universo web, principalmente se analisarmos sob o ponto de vista profissional. Foi muito interessante o alerta que nos fez sobre o perigo de postagens pessoais, que podem nos comprometer até profissionalmente ”, comentou Letícia Rodrigues, secretária de uma clínica da área vascular onde atuam os cirurgiões Itamar Carvalho e Luis Henrique Rocha.
 
Aproveite e
veja também