Setembro Verde tem o apoio da AMP
Dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) apontam que até o final de 2018 mais de 36 mil pessoas serão acometidas pelo câncer colorretal no Brasil. A informação reforça a importância da campanha Setembro Verde, que visa a prevenção do câncer do intestino. A Associação Médica do Paraná (AMP) apoia a iniciativa em conjunto com a Sociedade Brasileira de Coloproctologia e Sociedade Paranaense de Coloproctologia.
 
Outra entidade, a Sociedade Brasileira de Genética Médica (SBGM), alerta que os tumores acometem o intestino grosso, que é subdivido em cólon e reto. A estimativa é que cerca de 10% dos casos sejam decorrentes de alterações genéticas hereditárias. Estes tumores costumam acometer mais o cólon direito, possuem caráter mais agressivo e na maioria dos casos aparecem em mais de um indivíduo da mesma família em sucessivas gerações.
 
O sintoma mais comum desse tipo de câncer é o sangramento ao evacuar. Outro sinal que merece atenção, em especial por pessoas acima dos 50 anos, é a anemia. Também é preciso ficar atento a sintomas como emagrecimento intenso e inexplicado, fraqueza, fezes pastosas e escuras e sensação de dor na região anal. Caso verifique o aparecimento de um desses sinais procure um médico.
Aproveite e
veja também