Tudo que acontece na AMP
é destaque no nosso canal de novidades

20/11/2020

Movimento Novembro Verde busca valorizar a Homeopatia

Neste sábado (21), será comemorado o Dia Nacional da Homeopatia, finalizando as ações deste ano do movimento Novembro Verde – Trate-se com Homeopatia, uma iniciativa para valorizar e divulgar a especialidade, com o propósito de apresentar e esclarecer os seus benefícios para a sociedade, bem como fortalecê-la.
 
O movimento nasceu em 2014, na Bahia, onde foi criado um selo representativo, que começou a ser divulgado nas redes sociais, entre amigos, familiares, pacientes e simpatizantes da terapêutica, e por diversos meios de comunicação. 
 
Em apoio, a  partir do dia 23, até final do mês, o Congresso Nacional receberá iluminação verde. O objetivo é chamar atenção sobre a possibilidade deste tipo de tratamento, existente no Sistema Único de Saúde, ter maior abrangência.
 
No estado, a Associação Médica Homeopática do Paraná (AMHPR) tem apoiado o movimento deste o início, mobilizando médicos, pacientes e a comunidade nas redes sociais, e, neste ano, faz a posse on line da sua nova diretoria no dia da especialidade médica. 
 
“A homeopatia é uma terapêutica que pode ajudar muito a população, seus medicamentos têm baixo custo e atua também na prevenção de doenças. Por isso, a importância de divulgarmos, para que todos tenham acesso às informações dos seus benefícios”, fala o presidente da entidade, Luiz Alberto Iso Fischer Abramides. Ele comenta que a AMHPR também apoiou e incentivou neste ano os médicos homeopatas a serem voluntários na campanha Homeopatia na Covid (www.homeopatianacovid.com.br), que, através de um portal de telemedicina, vem atendendo, sem custo, pacientes com Covid-19 com excelentes resultados e divulgando a eficácia da homeopatia também nas pandemias.
 
Sobre a Homeopatia  
 
De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a Homeopatia é a segunda terapêutica mais utilizada no mundo. No Brasil, é uma especialidade médica desde 1980, sendo que, em 1999, o Ministério da Saúde inseriu a consulta médica homeopática na tabela SIA/SUS e, desde 2006, faz parte da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares do SUS.
 
Com abordagens que buscam estimular os mecanismos naturais de prevenção de agravos e recuperação da saúde, onde a relação médico-paciente é um dos elementos fundamentais da terapêutica, a homeopatia promove a humanização e estimula a autonomia do indivíduo, na integração do ser humano com o meio ambiente e a sociedade.
 
Observa-se que nas doenças crônicas não transmissíveis, nas doenças respiratórias e alérgicas, nos transtornos psicossomáticos e outras enfermidades, a eficácia desta terapêutica reduz a demanda por intervenções hospitalares e emergenciais, contribuindo para o uso racional de medicamentos, podendo reduzir também a fármaco dependência e melhorar a qualidade de vida do paciente. A Homeopatia está presente em pelo menos dez universidades públicas, em atividades de ensino, pesquisa e assistência, e conta com inúmeros cursos de formação de especialistas em homeopatia em 12 unidades da federação. A homeopatia é usada na Medicina, Odontologia, Farmácia, Medicina Veterinária e Agronomia.     

         
               
Novembro Verde – Trate-se com Homeopatia – www.novembroverde.com.br
 

Aproveite e
veja também